Jeová sabe que o ficha suja Coutinho está inelegível

 O deputado Jeová Campos (PT) tem absoluta razão quando proclama que “os iguais devem ser tratados igualmente”, quando instado a falar sobre a condição de inelegibilidade do ex-governador Ricardo Coutinho (PT), condenado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base na Lei da Ficha Limpa.

Tanto é verdade que duas decisões do Superior Tribunal de Justiça (STJ) foram revogadas no caso dos inelegíveis ex-governadores José Roberto Arruda e Agnelo Queiroz, ambos do Distrito Federal, acusados de improbidade administrativa.

Nem de perto o caso de Coutinho se compara ao de Arruda e Agnelo. O ex-governador daqui deputado Jeová, foi condenado em três processos pelas leis eleitorais vigentes. Em todos por conduta vedada, a exemplo dos escândalos do Empreender, Codificados e outro relacionado a educação.

Portanto, Coutinho está inelegível sim. Do contrário, não estaria fazendo o malabarismo em Brasília, gastando com advogados renomados que atuam na esfera eleitoral do país. Ele pode até conseguir o perdão, mas vai ter que enfrentar a mesma pedreira da campanha para prefeito de João Pessoa: o eleitor.

Ainda assim ficou na honrosa sexta colocação.

Blog do Marconi Ferreira

Postar um comentário

0 Comentários