Queiroga confirma dois casos da variante Deltacron no Brasil

   O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga confirmou na manhã desta terça-feira (15) dois casos da variante Deltacron no país, um no Pará e outro no Amapá

A cepa surgiu inicialmente em países da Europa e reúne características das mutações Delta e Ômicron.

“Essa variante que seria uma junção da Ômicron com a Delta, né? Deltacron, que tem mais na França e alguns outros países da Europa. Nosso serviço de vigilância genômica já identificou dois casos no Brasil. Um no Amapá, outro no Pará. E nós monitoramos todos esses casos, isso é fruto do fortalecimento da capacidade de vigilância genômica no Brasil”, disse Queiroga a jornalistas na entrada do Ministério da Saúde.

Se comparados a outras unidades da Federação, os índices de imunização nos estados da região Norte ainda são baixos. Questionado se a situação é motivo para preocupação, o médico paraibano afirmou que a variante Deltacron requer “monitoramento”.

“É uma variante de importância, que requer o monitoramento. Então as variantes são classificadas como variantes de importância, variantes de preocupação, e as autoridades sanitárias estão aqui para, diante dessas situações, tranquilizar a população brasileira”, completou.

O médico paraibano ainda salientou que o foco da população deve ser tomar a dose de reforço da vacina contra Covid-19. “As medidas são as mesmas, e, se eu tivesse, meu amigo e minha amiga que me ouve, que indicar uma medida, é a aplicação da dose de reforço. Aplicar a dose de reforço é importante”, orientou o ministro.

F5pb

Postar um comentário

0 Comentários