LIBERDADE E AUTONOMIA: Efraim Filho diz que entrega de cargos no governo é para garantir diálogo com melhores projetos

 O deputado federal e pré candidato ao Senado Federal, Efraim Filho, comentou nesta sexta (25) na imprensa paraibana a saída de seu pai do governo João Azevedo. O secretário de Agricultura da Paraíba, Efraim Morais, entregou ao governador carta com pedido de exoneração.

Efraim Filho explicou que o gesto significa liberdade e independência para a tomada de decisão que o União Brasil terá sobre as definições de chapa majoritária, já que tem a pré-candidatura de Efraim Filho ao Senado federal posta como prioridade do partido nas eleições 2022. O deputado disse que ainda não há decisões tomadas, mas confirmou que existem diálogos: “O nome de Pedro Cunha Lima é bom, oxigena a política, estamos estudando esse projeto”.

Sobre decisões tomadas, Efraim garante que a única coisa que não muda é sua caminhada rumo ao Senado Federal: “Minha candidatura não é balão de ensaio, nem aceito cargo de vice, meu sonho é representar a Paraíba no Senado Federal”. O senador deixou clara sua insatisfação com a falta de posicionamento do governo: “Entregamos votos, lealdade e trabalho e em troca recebemos indecisão”.

E o parlamentar dá um prazo, antes do dia 2 comunicará ao estado por qual chapa disputará a vaga de senador.

Postar um comentário

0 Comentários