Prefeito libera R$ 240 mil em emendas orientadas por parlamentares para apoio à Casa Shalon

 

A Casa Shalon, de apoio a crianças sob medida protetiva judicial, foi mais um projeto beneficiado pelas Emendas Cidadãs. Na manhã desta terça-feira (26), o prefeito Cícero Lucena liberou recursos no valor de R$ 240 mil, orientados pelos vereadores Eliza Virgínia, Coronel Sobreira e Durval Ferreira para reforçar o trabalho realizado pela instituição.

“Fico feliz quando temos a oportunidade de cada um fazer o seu papel. A Câmara tem sido uma parceira de nossa gestão para levar mais qualidade de vida à população. Hoje, por meio de emendas, podemos ajudar um projeto muito importante, que atua fazendo dessa cidade um lugar mais humano, mais justo e mais solidário”, afirmou.

A Shalon recebeu R$ 100 mil em emendas de Eliza Virgínia, R$ 90 mil do Coronel Sobreira e R$ 50 mil de Durval Ferreira. “Conheci esse trabalho antes de ser vereador e vi a seriedade e importância para a sociedade”, explicou o Coronel Sobreira.

Para Eliza Virgínia, o local oferece um acolhimento especial. “Aqui elas recebem o cuidado de corpo, alma e espírito”, disse ela. O vereador Durval Ferreira afirma que a Casa beneficia toda a cidade de João Pessoa. “É um trabalho que não funciona sem um aporte financeiro e ele chega em boa hora”, afirmou.

O pastor Kepler Arruda é diretor da Casa e destacou a importância do apoio da sociedade para continuidade do trabalho realizado. “Os adolescentes que apoiamos estão sendo muito bem tratados graças a ações como esta, dos vereadores junto à Prefeitura. Isso nos dá as condições de cuidar destas crianças e adolescentes”, afirmou.

O presidente da Primeira Igreja Batista de João Pessoa, Pastor Estevam Fernandes, um dos fundadores da instituição, agradeceu pelo esforço conjunto para viabilizar a continuidade do trabalho desenvolvido.

A Casa Shalon recebe hoje 11 crianças e adolescentes sob medida protetiva. Elas são orientadas pela Vara da Infância para proteger a criança e possibilitar sua integração social. Os acolhidos moram no espaço e recebem educação, lazer e atividades esportivas. Alguns deles já estão no mercado de trabalho como jovem aprendiz.

Secom JP

Postar um comentário

0 Comentários