IMPASSE COM A PM: João diz que Estado chegou ao limite e que não há nova proposta para categoria

  O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), afirmou que o Estado chegou ao limite do que pode oferecer em termos de reajuste aos militares estaduais.

Segundo Azevêdo, não se trata da vontade do governador, mas, sim, de limites legais, como o da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Na última sexta-feira (07), a Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar, bem como o Clube Militar Estadual da Paraíba, divulgaram nota à imprensa afirmando que não aceitam a proposta de incorporação de 100% da bolsa desempenho ao salário em 48 meses, acrescidos a 10% de reajuste salarial implantado de forma imediata.

O acordo havia sido firmado entre o governador João Azevedo e representantes de outras entidades da classe.

Ao divulgar nota rejeitando a proposta, a Associação dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militar, disse ainda que “é necessário que o governo reconheça as corporações pelos resultados alcançados e legitimidade reconhecida pela sociedade paraibana”.

Rádio Blog

Postar um comentário

0 Comentários