Governador propõe incorporação de 80% da bolsa desempenho em 36 meses para militares e reajuste de 10%

  Policiais e bombeiros militares da Paraíba vão receber um aumento de 10% no salário e 80% de incorporação da Bolsa Desempenho nas suas remunerações durante um período de 36 meses a partir de janeiro de 2022. Esses foram principais resultados obtidos pela categoria na reunião com o governador João Azevêdo na manhã desta terça-feira (4).

"Isso é um avanço extraordinário até porque o inativo hoje recebe zero de incorporação. Ele passará a ter um crescimento progressivo e com 36 meses terá 80% da bolsa incorporada. Para o ativo, todo aquele que já estiver próximo de ir para a reforma, daqui 4 ou 3 anos, já vai ter a garantia de que ele vai incorporar esse valor", disse o governador.

O gestor ressaltou que não chegou a incorporar 100% da bolsa porque a diferença de 20% é fundamental para a gestão. As declarações foram dadas para o jornalista Fernando Braz, durante entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM.

"Eu tenho certeza que a categoria vai aceitar e vai concordar com uma proposta dessa. Afinal de contas, estamos resgatando uma situação que se gerou há muitos anos. São avanços importantes e as lideranças, que são representantes legais da categoria, vão convocar uma assembleia para discutir isso internamente e espero que a categoria aprove", acrescentou João.

Outras conquistas

Na reunião, o governador também firmou outros compromissos com os militares. Veja quais:

  1. Detalhar as promoções na Lei de Proteção Social dos Militares
  2. Encurtar a redução de tempo para promoção de soldado a cabo e de cabo a terceiro-sargento
  3. 100% de aumento no percentual da hora extra nas datas especiais, como Carnaval e Ano Novo
  4. Garantia de todos os benefícios à Guarda Militar da Reserva

Os militares da Paraíba vão se reunir nesta quarta-feira (5) para avaliar proposta de aumento e Bolsa Desempenho e darão resposta ao governador na quinta (6).

ClickPB

Postar um comentário

0 Comentários