Artesãos paraibanos participam de duas grandes feiras nacionais a partir desta terça-feira

 


Artesãos que integram o Programa do Artesanato Paraibano (PAP) participam, a partir desta terça-feira (7), de dois grandes eventos nacionais. A 32ª Feira Nacional de Artesanato – Rotas do Brasil, com início hoje em Belo Horizonte (MG), e a Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte), que se realizará a partir desta sexta-feira (10), em Olinda (PE), são eventos aguardados com expectativa pelo segmento. Nesta edição, a Fenearte homenageia o escritor paraibano Ariano Suassuna, com o tema “É Festa no Reino da Arte”.

Somando a expectativa de público dos dois eventos, os artesãos paraibanos vão expor e comercializar seus produtos para cerca de 300 mil pessoas, sendo 100 mil em Minas Gerais, na Expominas, e 200 mil no Centro de Convenções de Pernambuco.

A primeira-dama do Estado e presidente de Honra do PAP, Ana Maria Lins, desejou sorte aos artesãos. “É com muita felicidade que recebemos essa retomada, que começou aqui no nosso estado, com a parceria firmada entre o Governo do Estado e a iniciativa privada, para a realização de grandes eventos, como o Festival de Brinquedos Populares. Isso significa dizer que, mesmo com as restrições necessárias durante a pandemia para salvar vidas, os artesãos e artesãs paraibanos não ficaram desamparados. Desejo muita sorte nestes dois grandes eventos”, afirmou.

Já a gestora do PAP, Marielza Rodriguez, ressaltou a importância dos eventos na divulgação do artesanato paraibano. “Tanto a Feira Nacional de Artesanato no Expominas quanto a Feira Nacional de Negócios do Artesanato de Olinda são tradicionais, reunindo um público tão amplo quanto qualificado, criando ainda mais oportunidades para os nossos artesãos e artesãs”, comentou.

Ao todo, 21 artesãos foram selecionados para participar dos dois eventos nacionais pela Curadoria do Programa do Artesanato Paraibano, sendo sete para participar da Fenearte, em Olinda, e 14 para participar da Feira Nacional do Artesanato, em Belo Horizonte.

Os eventos  Com milhares de artesãos de todo o País, a 32ª Feira Nacional de Artesanato terá como tema Rotas do Brasil, reunindo 620 estandes.

Já a outra grande expectativa é a Feira Nacional de Negócios do Artesanato (Fenearte). Em sua 21ª edição, o evento ocorre após 882 dias, desde a suspensão por conta da pandemia da Covid-19.

Com dois dias a menos, a Fenearte se realizará de 10 a 19 de dezembro, com o tema “É Festa no Reino da Arte”, homenagem ao Movimento Armorial e ao seu idealizador, o escritor e dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, morto em 2014.

A expectativa é que a Fenearte gere R$ 40 milhões em negócios.

A média de negócios gerados pelo artesanato paraibano durante os eventos anteriores ficou em torno de R$ 300 mil. Nesta edição, participam artesãos dos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Cabaceiras, São Bento, Caaporã, Picuí e Juarez Távora.

Secom-PB

Postar um comentário

0 Comentários