ÁGUA PARA O BREJO: Construção de Adutora recebe R$10 milhões após parceria de Chió e Efraim

 A grave crise hídrica que assola o Brejo Paraibano está com seus dias contados. A falta de chuvas e o crescimento da população fizeram o Brejo sofrer uma crise que dura quase 20 anos de racionamento, mas que nos últimos anos se intensificou ao ponto de várias cidades decretarem estado de calamidade.

O deputado estadual Chió, sempre atento às pautas da região, arregaçou as mangas e começou a articular parceria para garantir recursos para a construção da Adutora do Brejo. Chió visitou pessoalmente todos os deputados e senadores paraibanos: “Protocolamos o mesmo ofício em cada um dos gabinetes, pois, apesar do governador ter anunciando que destinará parte desses recursos, é fundamental que o outro montante venha da Bancada Federal paraibana, para que essa obra possa finalmente sair do papel e matar a sede do povo que tanto precisa”, finalizou.

A crise hídrica começa a ter seu fim em 2022. O deputado Federal Efraim Filho, se uniu a Chió e também lutou pelos recursos para a construção da Adutora. Nessa sexta (19) o líder da bancada confirmou o valor de R$10 milhões para a construção da adutora.

A adutora deverá interligar o Sistema Boqueirão/Campina Grande ao Brejo, abastecendo cidades como Esperança, Remígio, Arara, Casserengue, Solânea e Bananeiras, e beneficiando uma população de 130 mil pessoas.

O deputado estadual Chió antecipou que está visitando e sensibilizando pessoalmente todos os deputados e senadores paraibanos, para que na reunião de bancada o Brejo saia vitorioso. “Protocolamos o mesmo ofício em cada um dos gabinetes, pois, apesar do governador ter anunciando que destinará parte desses recursos, é fundamental que o outro montante venha da Bancada Federal paraibana, para que essa obra possa finalmente sair do papel e matar a sede do povo que tanto precisa”, finalizou.

Postar um comentário

0 Comentários