Com gol de Michael, Flamengo afasta pressão vence o líder Atlético-MG no Maracanã e diminui vantagem

  No jogo mais badalado da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, deu Flamengo: 1 a 0 sobre o Atlético-MG, no Maracanã. Na luta pelo título, as duas equipes entraram pilhadas e deram trabalho para o juiz Anderson Daronco, que assinalou 41 faltas ao todo.

Ofensivo como de costume, foi o Galo que partiu para cima, criando suas principais chances com Alonso, aos 15 do primeiro, e Arana, aos 11 do segundo. Mas foi o Rubro-Negro que, organizado em campo, deixou a pressão pela eliminação na Copa do Brasil para trás e comemorou: aos 25 da primeira etapa, Bruno Henrique deixou Michael na boa para marcar o único gol do jogo. Com o resultado, a diferença dos dois caiu para 10 pontos: enquanto o Atlético segue na liderança isolada, com 59 pontos, o Flamengo está em segundo, com 49, empatado com Bragantino e Palmeiras, mas com dois jogos a menos.

O segundo tempo começou como terminou o primeiro: com o Atlético buscando o empate e o Flamengo aguardando uma estocada em contra-ataque para matar a partida. Aos 11 minutos, Guilherme Arana assustou Diego Alves e parou no travessão. Aos 20, foi a vez de Everson se assustar e defender "de manchete" chute de longe de Everton Ribeiro.

Sem achar o gol, a ansiedade do Galo aumentou, que passou a errar passes fáceis e ter mais dificuldade de chegar na frente. Com estratégia diferente da habitual, o Rubro-Negro seguiu com as linhas baixas, fechadinho, sem dar espaços. O Atlético tentou até o fim, mas não deu – e, por pouco, ainda não sofreu o segundo, com Rodinei, que acertou uma bomba na trave.

 

Postar um comentário

0 Comentários