ALGO PODRE EM RIO TINTO: Empresa que recolhe lixo hospitalar interrompe serviço após 10 meses sem receber da prefeitura

 Algo está definitivamente podre na cidade de Rio Tinto. De acordo com a denúncia feita nessa terça (05) pelo Presidente da Câmara, Raphael José, o lixo hospitalar não vem sendo recolhido nas últimas semanas.

O vereador entrou em contato com a empresa responsável pelo recolhimento dos descartes das Unidades de Saúde da Família e do hospital municipal e foi informado que o serviço foi descontinuado. De acordo com a empresa, a prefeitura não repassa o pagamento dos últimos dez meses. A Brascon Soluções em Resíduos disse que aguardou a resolução da prefeitura em efetuar o contrato que regularizaria a situação do pagamento, mas após inúmeros contatos e visitas, o que teve foi apenas promessas de pagamento. Dessa forma, a empresa parou os serviços até ter o pagamento regularizado.

Raphael denuncia então que todo o lixo municipal se acumula a céu aberto nos fundos do Hospital Municipal Dr Francisco Porto.

Postar um comentário

0 Comentários