Ruy revela “bate-papo” com Efraim e Veneziano e abre portas da oposição para ambos

 Ruy revela “bate-papo” com Efraim e Veneziano e abre portas da oposição para ambosO deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), em entrevista nesta sexta-feira (3), comentou a pesquisa Arapuan/Instituto Opinião, que apontou o ex-governador da Paraíba, Cássio Cunha Linha (PSDB), liderando a corrida para o Senado Federal em 2022.

Questionado se os números impulsionam uma possível candidatura de Cássio, que está fora da vida pública e se dedica a projetos particulares em Brasília desde 2018, Ruy afirmou que o tucano tem o apoio do partido, porém, lembrou que isso depende uma decisão particular dele.

“Logicamente que os números estimulam por ser o primeiro colocado, mas isso depende muito de uma decisão pessoal dele e nem precisa dizer que, Cássio querendo, ele conta com o apoio do partido”, destacou.

Ainda durante a entrevista, perguntado se haveria espaço para o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), no bloco de oposição ao governo do estado em 2022, o deputado ressaltou que não enxerga problemas e lembrou ainda que existe insatisfações dentro do próprio governo, ao citar os nomes do deputado federal Efraim Filho (DEM) e do vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB), abrindo as portas para ambos em uma composição de chapa majoritária da oposição.

“Acho sim que dá para unir [Romero e Cartaxo] na oposição. Inclusive dá para unir pessoas que estão no governo e que eventualmente podem vim para a oposição. Existe um mal-estar hoje com Efraim, Veneziano, por exemplo. São apenas dois dos muitos exemplos que eu sei. Não houve conversas formais com eles, mais bate-papo sim, eu particularmente estive com os dois”, revelou, em entrevista à TV Arapuan.

Postar um comentário

0 Comentários