“O maior partido do país”, diz Efraim Filho sobre a fusão DEM/PSL que deve ocorrer no próximo dia 21

 Tanto o deputado federal Efraim Filho (DEM), como o presidente do PSL na Paraíba, o deputado federal Julian Lemos estão empolgados com o processo de união entre o Democratas e o PSL.  A fusão deve ocorrer até o dia 21 deste mês e Efraim comentou que caso ocorra esse será a maior legenda do Brasil.

“Esse é um movimento estratégico. Formaria a maior bancada do Congresso, o maior partido do país, com maior tempo de televisão e rádio”, disse Efraim Filho.

Segundo Julian, a fusão deve ocorrer até o próximo dia 21. Questionado quem ficaria com o comando da nova sigla, já que ambos Julian e Efraim comandam seus partidos ele disse: “Primeiro, vamos deixar a coisa se concretizar. Depois, esse vai ser o próximo passo a ser discutido”, comentou.

Em recente entrevista Efraim Filho disse, que como pré-candidato ao Senado tem trabalhado para avançar nas negociações e que a nova legenda terá a maior bancada em Brasília, o que ajudará na sua campanha “Torcemos para avançar e temos trabalhado por isso. Formará o maior partido, hoje, do Congresso Brasileiro e significa que a gente chegará com muita força em 2022 com a maior bancada. Isso ajuda no tempo de televisão, na estrutura partidária e fortalece os nossos projetos aqui na Paraíba”, avaliou.

Efraim falou, ainda, sobre a parceria com o deputado federal Julian Lemos, que é o presidente do PSL na Paraíba e um dos articuladores da fusão. O parlamentar acredita que, por terem projetos eleitorais diferentes, os dois irão se beneficiar com a fusão Democratas/PSL.

“Eu e o deputado Julian não temos projetos conflitantes. Eu sou pré-candidato ao Senado e Julian é candidato à reeleição. Então dá para sentar e trabalhar bem esse projeto”, finalizou em entrevista a uma rádio local.

PB AGORA

Postar um comentário

0 Comentários