Mulher morreu por rixa entre companheiro e integrante de facção criminosa; marido seria o alvo

 A jovem Mayara Gomes da Silva, de 27 anos, foi morta a tiros na tarde desta terça-feira (14), na cidade de Rio Tinto, Região Metropolitana de João Pessoa.

Segundo a Polícia Civil, a vítima estava com o marido em uma moto quando suspeitos chegaram e atiraram várias vezes.

O alvo era o companheiro da vítima, Gezildo Matias de Sousa, de 44 anos.

O casal foi atingido pelos disparos. Mayara não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Já o marido dela foi socorrido para o Hospital de Mamanguape e devido à gravidade dos ferimentos foi transferido com o apoio do helicóptero Acauã, da Polícia Militar, para o Hospital de Emergência e Trauma, em João Pessoa.

Conforme explicou o delegado Sylvio Rabelo ao Notícia Paraíba, uma rixa antiga entre Gezildo e um integrante de um grupo criminoso teria sido a motivação do crime. Ainda segundo o delegado, a ordem de matar o homem partiu de dentro de um presídio da Paraíba.

O Notícia Paraíba entrou em contato com a assessoria do Hospital de Trauma e fomos informados que o estado de saúde do homem é estável.

A polícia já tem pistas sobre o autor do crime e está realizando buscas para prender o suspeito.

Noticia Paraiba

Postar um comentário

0 Comentários