Juliette se emociona no ‘Visitando o Passado’ com depoimentos e surpresa de Sandy

  

A bichinha é pau! E a emoção foi forte para Juliette no Domingão com Huck desse domingo, 26/9. Depois de descobrir que estava no “Visitando o Passado”, a cantora caiu no choro ao entrar no cenário que reproduzia uma casa em que morou duas vezes na infância, no bairro do Pedregal, em Campina Grande. “Minha gente, é igual!”, ela disse, chorando.

E as surpresas não pararam por aí! Juliette recebeu por vídeo um convite para cantar com Sandy e, de repente, a própria surgiu no palco para um dueto incrível de “As Quatro Estações”.

“Meu Deus, nunca na minha vida eu esperava isso! Não tava nem preparada e já chorei ali”, disse Ju.

“Você está arrasando! Caiu de paraquedas aqui e já está cantora, maravilhosa!”, elogiou Sandy.

“O maior lançamento da música nacional”, foi assim que os podcasters Jeska e Neko classificaram o lançamento da bonita no Diário de Bordo.

A dupla foi aclamada nas redes pelo público, que ficou apaixonado e encantado com esse feat.

Além das lembranças da primeira casa que Dona Fátima, sua mãe, conseguiu comprar, a “Pitica” recebeu também depoimentos de algumas pessoas especiais, incluindo seu pai.

“Juliette, no tempo em que vivemos naquela casa a gente era pai e filho, mãe e irmão. A gente sofreu naquela casa, teve alegrias e tristezas. Mas o que você é hoje, você deixa a gente muito tranquilo, feliz de ter uma filha como você. Mas espero que logo a gente esteja junto para a gente conversar melhor e se entender. Entendido a gente já é, mas temos que conversar”.

“Ultimamente ele tá ficando menos ‘casca grossa’. Ele é muito durão, sempre foi com todos nós. Comigo era ainda mais porque eu o desafiava mais, os meninos baixavam a cabeça, mas eu não. ‘Não tá certo, é injusto’, eu era a que era mais durona com ele. Mas sempre com muito afeto e respeito”, ela contou, sobre a relação com o pai.

Juliette recebeu também outras mensagens que a emocionaram e surpreenderam, como por exemplo o de Thiago, o Palhaço Faísca, por quem teve uma paixão platônica na adolescência. Foi a amiga Verônica que a entregou: “Tu lembra quando tu se apaixonasse por um palhaço vestido de mulher?”, perguntou.

Tiago Leifert também levou Juliette às lágrimas com suas palavras: “Ju, você sabe de onde você veio, tudo que você passou. Você sabe onde tão as suas raízes e nunca escondeu isso de ninguém. É por isso que eu tenho zero preocupação com você.

E, claro que a nova “cantoura” não poderia deixar de cantar também os seus sucessos no programa, né? Teve “Diferença Mara” e “Bença” no Domingão.

GShow

Postar um comentário

0 Comentários