Facebook anuncia parceria com veículos de imprensa do Brasil para apoiar jornalismo profissional

  O Facebook anunciou nesta quinta-feira (16) uma parceria com veículos de imprensa do Brasil para apoiar o jornalismo local por meio de investimentos no setor e do impulsionamento de notícias nas redes sociais da empresa. A informação foi divulgada pelo Estadão.

A companhia de Mark Zuckerberg assinou um acordo com 20 organizações de notícias brasileiras, entre elas O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, Grupo Abril, Grupo Bandeirantes, Grupo RBS e UOL. O intuito da iniciativa é expandir o alcance do conteúdo noticioso compartilhado nas plataformas da empresa, incluindo as chamadas “centrais de informação”, as páginas oficiais da plataforma que agrupam diversas notícias e informações sobre temas específicos, como covid, ciência e clima.

“O objetivo é aumentar o acesso à informação de qualidade e ampliar o público, reforçando o propósito de gerar impacto positivo na vida das pessoas e do País, através de uma relação próxima e de confiança com a sociedade, por meio de conteúdos úteis, confiáveis e relevantes. É também uma forma de ampliar nossos esforços no combate à desinformação, um dos maiores problemas atuais, através do nosso jornalismo”, afirma o diretor executivo de estratégias digitais do Estadão, Leonardo Contrucci.

“Estamos comprometidos em apoiar o ecossistema de notícias no Brasil e felizes em anunciar nosso investimento e colaboração contínua com veículos e associações no País”, acrescenta a diretora de parcerias de notícias do Facebook para a América Latina, Claudia Gurfinkel.

O Facebook também irá investir cerca de US$ 2,6 milhões em projetos desenvolvidos em parcerias com associações de notícias, como a Associação de Jornalismo Digital (Ajor), a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ), além do International Center for Journalists (ICFJ).

O objetivo da rede social é apoiar as organizações de notícias na transformação digital, criando modelos de negócio sustentáveis, buscando novas audiências e fortalecendo a cobertura jornalística pelo Brasil.

Em parceria com a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), o Facebook pretende treinar jornalistas e estudantes de comunicação pelo terceiro ano consecutivo — desde 2019, a união entre a associação e a empresa já criou mais de 10 mil vagas de treinamentos pelo País.

Ainda, pelo quarto ano, a gigante das redes sociais irá auxiliar na elaboração do “Atlas da Notícia”, estudo sobre a presença do jornalismo local no Brasil feito pelo Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (Projor).

Desde 2018, o Facebook afirma ter investido mais de US$ 600 milhões para apoiar a indústria de notícias ao redor do mundo, com a meta de desembolsar mais US$ 1 bilhão nos próximos três anos.

Estadão

 

Postar um comentário

0 Comentários