Empresa investigada por sobrepreço em teste de Covid atua na venda de ferragens e ferramentas

  Uma empresa alvo da Operação Select, deflagrada nesta quinta-feira (9) para investigar sobrepreço na venda de testes de Covid, foi criada para atuar no comércio varejista de ferragens e ferramentas. De acordo com a Polícia Federal, a EBF Representações, sediada em João Pessoa, não era do ramo de insumos médicos até data próxima ao início da pandemia, mas passou a firmar contratos com diversas prefeituras da Paraíba para fornecimento de testes rápidos.

A atividade principal cadastrada no CNPJ da empresa é o comércio varejista de ferragens e ferramentas. Estão sendo alvos ainda da investigação as prefeituras paraibanas de Caldas Brandão, Mamanguape, Cuité de Mamanguape, Lagoa de Dentro, Serra da Raiz e Lagoa.

As gestões celebraram contratos com a empresa nos anos de 2020 e/ou 2021. Os kits de testes rápidos para detecção da Covid-19, segundo a auditoria da Controladoria Geral da União  (CGU), tinham sobrepreço de até aproximadamente 90% e foram adquiridos através de procedimentos de dispensas de licitação, em tese fraudados. O prejuízo ultrapassa R$ 2,8 milhões em verbas públicas procedentes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Nós estamos tentando contato com a EBF Representações.

Portal T5

Postar um comentário

0 Comentários