Eleições da OAB-PB: Paulo Maia é anunciado o primeiro conselheiro federal da chapa encabeçada por Harrison Targino

  O advogado e professor Harrison Targino, pré-candidato a presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), anunciou, nesta terça-feira (14), o atual presidente da Instituição, Paulo Maia, como primeiro conselheiro federal de sua chapa, nas eleições que acontecerão no próximo mês de novembro.

Harrison, indicado por Paulo Maia e seu grupo candidato à presidência da OAB-PB, destaca que Paulo Maia é a maior liderança política da OAB-PB, líder de um Movimento que abriu as portas da Instituição para todos os advogados e advogadas, independente de sobrenome famoso, tamanho do escritório ou tempo de atuação. Ele também ressaltou as inúmeras ações do presidente, fruto principalmente da harmonia que manteve durante toda gestão com a diretoria da CAA-PB, para interiorizar as ações e, assim, levar os serviços da Ordem para todos o recantos do Estado.

“Paulo Maia interiorizou as ações da OAB na Paraíba, abriu as portas da instituição para todos os segmentos da advocacia e levou seus serviços para toda a Paraíba, num movimento nunca visto na história da Ordem no Estado. A partir de sua gestão, a OAB-PB se tornou aberta, inclusiva, horizontal e representativa. Agora a OAB-PB é de todas e todos e vamos sem dúvida dar continuidade a esse promissor Movimento”, afirmou Harrison Targino.

Harrison lembra também que nas gestões de Paulo Maia inúmeras Subseções da OAB foram criadas, a exemplo de Pombal, Cariri, Mamanguape e Princesa Isabel. Segundo ele, a criação de uma Subseção faz com que haja maior representatividade da advocacia e quem mais ganha é a sociedade local, os jurisdicionados, que precisam de acesso à Justiça. E vamos caminhar nessa direção, criando outras Subseções. “Essas ações de Paulo Maia mostram seu compromisso com a advocacia e com a sociedade em geral”, ratificou Harrison.

Por fim, o advogado ressaltou que Paulo Maia é o candidato com o maior número de votos na história das eleições da OAB-PB, o que atesta que a advocacia aceita e aprova seu modelo de gestão e nada mais justo que tê-lo como representante da classe no Conselho Federal da Ordem, no qual é indubitável que continuará lutando pelos interesses da classe em Brasília e em todo o Brasil.

Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários