Brasil quebra o gelo e estreia com vitória sobre o Peru no Sul-Americano de Vôlei

  O ciclo olímpico rumo a Paris 2024 começou oficialmente para a seleção brasileira feminina de vôlei. E começou bem, com vitória sobre o Peru por 3 sets a zero, parciais de 25/17, 25/23 e 25/18 na estreia do Sul-Americano, que será disputado até domingo na cidade colombiana de Barrancabermeja. Nesta quinta-feira, o Brasil enfrenta a Argentina, às 19h30, com transmissão do SporTV2.

As duas equipes finalistas da competição garantem vaga no Mundial do ano que vem, na Holanda e Polônia. Para a estreia diante das peruanas, José Roberto Guimarães escalou Macris, Ana Cristina, Natália, Gabi, Carol, Carol Gattaz e Nyeme. O Peru começou com Almeida, Regalado, Ortiz, De la Peña, Frias, Yllescas e Patiño.

A partida começou equilibrada, com os dois times mantendo bom volume de jogo. As peruanas viravam a maior parte das bolas com Regalado e Ortiz, enquanto Macris acionava mais Ana Cristina. A partir do quinto ponto, as peruanas começaram a errar os ataques e o técnico pediu tempo quando as brasileiras abriram 10 a 5. A partir daí, o time brasileiro encaixou o jogo e não deu mais chances às peruanas. O técnico Francisco Hervás ainda parou o jogo com 18 a 7, e as brasileiras cometeram erros consecutivos, mas fecharam em 25 a 17.

 
Como nos dois primeiros sets, o terceiro período começou com os dois times parelhos no placar, trocando pontos, mas as brasileiras apresentaram melhor volume de jogo e abriram 13 a 9, forçando o Peru a pedir tempo novamente. O Brasil manteve os quatro pontos de vantagem, com Macris acionando mais as ponteiras Natália e Gabi, principais pontuadoras do time na partida. Hervás ainda pediu tempo no 20 a 14, mas as brasileiras atropelaram no fim do set e fecharam em 25 a 18, com ataque de Ana Cristina.
 
Globo Esporte

Postar um comentário

0 Comentários