Valor do novo Bolsa Família deve ir a R$ 300; proposta é entregue ao Congresso por Bolsonaro

  [ Presidente da Câmara, Arthur Lira PP - AL, Recebe o Presidente Jair Bolsonaro para a entrega da PEC e MP referente ao Bolsa Família[/caption]

O presidente Jair Bolsonaro entregou, pessoalmente, a proposta do Auxílio Brasil ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP)

O programa prevê melhoria e ampliação do Bolsa Família, com previsão de pagamento entre R$ 300 e R$ 400.

No projeto, previsão de bônus para famílias cujos integrantes sejam crianças de até três anos, gestantes, atletas ou estudantes com iniciação científica, e também benefícios para situações de extrema pobreza.

O presidente Jair Bolsonaro parece apostar na fórmula que garante boas chances de reeleição a quem governa o Brasil, independente de partido ou ideologia.

Relação desobstruída com o Congresso, o que inclui no pacote distribuição de cargos no governo e verbas no orçamento, e dinheiro na veia das camadas sociais de baixa renda.

Para enfrentar Lula, o criador do acertado Bolsa Família, Bolsonaro não se deu ao trabalho de inventar a roda: quer ser o pai da ampliação do programa social que garantiu 16 anos de mandato ao seu maior adversário, o PT.

Em nome da reeleição, o liberalismo da campanha de 2018 foi engolido. Em 2022, o populismo é o prato principal. Para os que têm fome de poder e para quem precisa de um na mesa.

Bolsonaro faz suas apostas no Centrão e no povão. Do primeiro, ele obtém votos no Congresso. Do segundo, espera votos nas urnas.

Heron Cid

Postar um comentário

0 Comentários