EX-PREFEITO DE LUCENA PASSA POR CONSTRANGIMENTO EM PLENO CENTRO DA CIDADE

 O ex-prefeito de Lucena, Marcelo Monteiro (Cidadania) passou por maus momentos na manhã desta quinta-feira (5), em pleno centro da cidade, ficando sem poder de reação, na presença de várias pessoas.

Perseguido durante os oito anos em que Marcelo Monteiro foi prefeito da cidade, pelo fato de ser cabo eleitoral do então vereador Paulo de Marica, o líder comunitário da Maria Rita, Washington Nogueira esperou o momento exato para dá o “troco” ao ex-gestor.

Washington, conforme disse, é proprietário de uma panificadora na comunidade Maria Rita e, durante o período em que Marcelo Monteiro comandava a prefeitura, este ameaçava derrubar o seu estabelecimento, o que trouxe transtornos psicológico para todos da família. “Ele alegava ilegalidade no estabelecimento e tinha isso como arma de perseguição, pelo fato de eu e minha família apoiarmos um vereador que não era da sua bancada”, disse.

Durante encontro casual entre ambos, Washington desabafou perguntando ao ex-prefeito Marcelo Monteiro “se, agora, ele levaria a prefeitura para casa”, se referindo a época em que o ex-gestor se intitulava “dono da prefeitura”.

A turma do “deixa pra lá” interveio para evitar problemas maiores. “Esperei o momento certo para perguntar a ele. Na vida, tudo é passageiro, menos cobrador e motorista. Quando ele era prefeito, pisava todo mundo e fui vítima dele durante oito anos. Quero ver agora?”, questionou Washington.

Nas eleições municipais de 2020, Washington Nogueira decidiu apoiar o prefeito eleto Léo Bandeira (Solidariedade)como forma de acreditar no fim da perseguição, se sentindo vitorioso com a conquista.

Marcelo Monteiro foi procurado para falar sobre o assunto, no entanto o mesmo não foi localizado, ficando este BLOG a disposição do ex-gestor.

Por Marcos Lima

Postar um comentário

0 Comentários