ALPB aprova Medalha Epitácio Pessoa para Matheus Cunha e Santos, paraibanos campeões olímpicos

  A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou nesta terça-feira (10), em sessão remota, a concessão da Medalha Epitácio Pessoa aos atletas Aderbal Melo, o Santos e Matheus Santos Carneiro da Cunha, que conquistaram a medalha de ouro e ajudaram a Seleção Brasileira Olímpica de Futebol, conquistar o bicampeonato nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

Os dois paraibanos foram protagonistas da seleção. Matheus Cunha marcou dois gols, inclusive na final contra a Espanha, enquanto Santos fez importantes defesas, inclusive, pegou um pênalti na semifinal contra o México.

Maior honraria da Assembleia Legislativa, a Medalha Epitácio Pessoa tem como objetivo homenagear personalidades por sua importante contribuição à Paraíba.

O goleiro Santos que é pertencente ao município de Cabaceiras, no Cariri paraibano, atualmente joga pelo Atletico Paranaense, onde conquistou a Copa Sul-Americana 2018 e o título da Copa do Brasil de 2019.

Já o atacante Matheus Cunha é da capital João Pessoa, e atualmente defende o Hertha Berlim, da Alemanha. Aos 11 anos despertou o interesse do time de Coritiba, no Paraná. Em 2017, foi contratado pelo Sion, da Suíça e atualmente, defende o RB Leipzig e Hertha Berlin, da Alemanha, sendo considerado um dos destaques do time alemão.

Ele fez o primeiro gol da vitória do Brasil sobre a Espanha, que garantiu ao time a medalha de ouro no último sábado (7).

Agência ALPB

Postar um comentário

0 Comentários