Vereadores de Tacaimbó têm mandatos cassados pela Justiça Eleitoral

  A 44ª Zona Eleitoral de São Caetano, no Agreste de Pernambuco, cassou os mandatos de cinco vereadores de Tacaimbó. A Justiça Eleitoral, por meio de uma ação de impugnação de mandato eletivo, se baseia em um pedido do diretório do Partido Democratas, de Tacaimbó, que apresentou supostas provas que as coligações proporcionais das siglas partidárias "PT e PSB", não cumpriram o exigido de 30% de candidatas mulheres para as eleições.

Ainda segundo o documento da Justiça eleitoral, os políticos também teriam tentado burlar a lei com apresentação de candidaturas laranjas.

Os vereadores Giva Lourenço (PT), Mardones Quaresma e Nadilson Nunes, ambos do PT, estão entre os cassados, além de Vado Veneno, que é presidente da Câmara, e Faia do Riacho do PSB. Os suplentes também foram cassados.

A produção da TV Asa Branca tentou entrar em contato com os vereadores, mas não conseguiu o retorno. A decisão de cassação não afasta nesse momento nenhum vereador do cargo. Isso só acontece depois que for esgotado .

G1

Postar um comentário

0 Comentários