Vereador protocola na Câmara de Bayeux pedido de cassação da prefeita Luciene Gomes

 O vereador Jefferson Oliveira (PL), protocolou, nesta segunda-feira (19) na Câmara Municipal de Bayeux, um pedido de cassação do mandato da prefeita do município, Luciene Gomes (PDT). Conforme a solicitação, a gestora está sendo acusada de cometer infrações político-administrativas e atos de improbidade.

A presente denúncia aponta que a prefeitura de Bayeux pagou um valor estimado em mais de R$ 2 milhões, de forma ilegal e sem justificativa por parte da gestora, contrariando a legislação nacional e municipal.

Já na Câmara, o pedido será encaminhado para uma comissão, que analisará o texto e decidirá se deve acatar ou não o pedido de cassação, que possui mais de 14 páginas de denúncias, além de anexos de pagamentos irregulares.

Segundo o vereador, Luciene usou o montante para pagar dívidas de gestões anteriores. “Esse valor específico foi da gestão de 2014, do ex-prefeito Expedito Pereira. Ela efetuou o pagamento sem nenhuma justificativa, sem seguir a ordem cronológica de pagamento, rasgando todas as leis de improbidade, de responsabilidade fiscal”, declarou o parlamentar em entrevista à TV Correio.

Jefferson Oliveira, único parlamentar da oposição entre os 17 vereadores da Câmara de Bayeux, espera que a Casa abra uma comissão para apurar os fatos no período de 90 dias. Ele também irá apresentar a denúncia contra Luciene Gomes ao Ministério Público da Paraíba para que decisões judiciais também sejam tomadas.

Veja o documento:

Postar um comentário

0 Comentários