Secretaria Municipal de Saúde garante que em João Pessoa não existem vacinas fora dos prazos de validade

  [caption id="attachment_67430" align="alignnone" width="832"] Vacinação dos profissionais de saúde, veterinários e agentes funerários com 60 anos ou mais de idade, que estam na ativa, na Clínica da Família Estácio de Sá, na região central da cidade. O município do Rio de Janeiro ampliou hoje (27) o público-alvo da campanha de vacinação contra a covid-19.[/caption]

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa à população que o município de João Pessoa não está incluído entre as cidades que, segundo uma matéria veiculada na imprensa nacional, supostamente aplicaram doses da vacina AstraZeneca fora da validade.

De acordo com o chefe da Seção de Imunização da SMS, Fernando Virgolino, a população da Capital não tem com que se preocupar, pois além da rapidez na distribuição das doses, há um rigoroso controle na validade dos lotes de vacinas que chegam à Rede de Frios e são imediatamente disponibilizados à população.

“Há muitas informações por aí que não condizem com a verdade e é preciso ter cuidado com tudo isso. Queremos tranquilizar a população e dizer que, com a rapidez e celeridade com que está sendo realizada a campanha de vacinação contra a Covid-19 em João Pessoa, também há um rígido controle de verificação da validade dos lotes dos imunizantes. Nós recebemos, distribuímos e imediatamente são aplicadas as doses na população. Isto é um processo muito rápido”, garante Fernando Virgolino.

João Pessoa é uma das cidades brasileiras em que o processo de imunização contra a Covid-19 pode ser considerado um dos mais rápidos. O avanço e a celeridade que a gestão municipal tem empreendido à vacinação é considerado como modelo para muitas cidades brasileiras.

Secom JP

Postar um comentário

0 Comentários