Mais de 50 morrem em incêndio em fábrica em Bangladesh

  

Ao menos 50 pessoas morreram, 30 ficaram feridas e dezenas estão desaparecidas em um incêndio em uma fábrica em Bangladesh, segundo boletim policial divulgado nesta sexta-feira (9).

As chamas atingiram uma fábrica de alimentos e bebidas da Hashem Foods Ltd. em Rupganj, perto da capital Daca, na tarde de quinta-feira (8).

Entre as dezenas de feridos estão trabalhadores que pularam pelas janelas para escapar do fogo, que continua ativo 24 horas depois.

Debasish Bardhan, vice-diretor do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil, disse que as operações de resgate continuam e que os dois últimos andares da fábrica ainda não foram revistados.Equipes de resgate carregam corpos de vítimas do incêndio em uma fábrica em Rupganj, nos arredores de Daca, em Bangladesh, em 9 de julho de 2021 — Foto: Mohammad Ponir Hossain/Reutes

Histórico de tragédias

Incêndios são frequentes em fábricas em Bangladesh devido ao descumprimento das normas de segurança, fiscalização frouxa e corrupção.Bombeiro tenta extinguir incêndio dentro do prédio de fábrica em Rupganj, nos arredores de Daca, capital de Bangladesh, em 9 de julho de 2021 — Foto: Mohammad Ponir Hossain/Reuters

Grandes marcas ocidentais, que empregam dezenas de milhares de trabalhadores mal pagos em Bangladesh, estão sob pressão para melhorar as condições nas fábricas, devido a incêndios e outros desastres que já mataram centenas.

Em abril de 2013, a oficina de confecção Rana Plaza desabou devido a um incêndio e 1.138 trabalhadores morreram.

Em fevereiro de 2019, ao menos 70 pessoas morreram em um grande incêndio em um prédio residencial na capital Daca, onde produtos químicos haviam sido armazenados ilegalmente

G1

Postar um comentário

0 Comentários