João Azevêdo assina Ordem de Serviço para implantação do Restaurante Popular e visita obras em Monteiro

  O governador João Azevêdo esteve, nesta sexta-feira (23), na cidade de Monteiro onde assinou a Ordem de Serviço para implantação do Restaurante Popular e visitou diversas obras do Governo do Estado, a exemplo do Condomínio Cidade Madura, que representa um investimento de R$ 4,6 milhões; a Escola Estadual José Leite de Souza, que passou por uma grande reforma no valor de R$ 3,8 milhões; o Centro de Referência da Renda Renascença; o matadouro e ainda o Hospital Regional Santa Filomena. 

A prefeita de Monteiro, Anna Lorena, além de outros prefeitos, o presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino, os deputados estaduais João Gonçalves, Ricardo Barbosa e Inácio Falcão, o deputado federal Efraim Filho e auxiliares do Governo acompanharam as visitas.

Na oportunidade, o governador João Azevêdo falou da satisfação de visitar a cidade de Monteiro. "É um prazer estar de volta a este município, visitando diversas obras importantes e assinando a Ordem de Serviço do Restaurante Popular. Gosto de visitar e dar sugestões no andamento das obras. Ainda não estamos fazendo grandes solenidades para evitar aglomerações. É preciso lembrar que, apesar dos números estarem baixando, precisamos continuar com os cuidados preventivos contra a Covid”, observou.

O Restaurante Popular de Monteiro deve ser implantado em cerca de 120 dias, e vai funcionar de segunda a sexta-feira. A obra tem valor total estimado em R$ 1,5 milhão. 

A prefeita Anna Lorena destacou a importância de parcerias entre prefeitura e Governo e agradeceu pela visita. "Hoje estamos realizando várias visitas a obras na cidade ao lado do governador João Azevêdo. E fiquei muito feliz por ver a Ordem de Serviço sendo assinada e assim, saber que, em breve, nossa cidade vai ganhar um Restaurante Popular", disse.

Condomínio Cidade Madura

Possui área total de aproximadamente 7.730 m2 e possui 40 unidades habitacionais que apresentam área individual de 49,40 m2, sendo compostas por terraço, sala, banheiro, cozinha e área de serviço. Todas as unidades habitacionais são adaptadas para as necessidades do idoso, conforme Normas de Acessibilidade vigentes.

A presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), Emília Correia Lima, ressaltou que o objetivo do Cidade Madura é promover acesso à moradia digna e adequada para idosos que não possuem moradia própria. "A obra está bastante adiantada e em novembro provavelmente estará concluída. Será mais um condomínio que vai trazer qualidade de vida para os idosos", garantiu.

O Condomínio contará com toda a infraestrutura básica de Saneamento, Rede Elétrica, Rede de Abastecimento de Água e Pavimentação em Blocos Intertravados. O projeto do condomínio apresenta itens, como: Núcleos de Vivência e de Assistência à Saúde; um bloco destinado à Guarita; Praça, entre outros. No interior do Condomínio existirá também uma horta integrada à parte urbanística. Na infraestrutura do empreendimento existe ainda solução voltada a práticas de sustentabilidade: Sistema de Energia Solar (Fotovoltaico). A área do empreendimento foi doada pela Prefeitura Municipal à Cehap. 

Escola José Leite de Souza 

O governador João Azevêdo também foi até a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio José Leite de Souza, cuja reforma recebeu investimentos na ordem de R$ 3,8 milhões e foi concluída no ano passado.

Entre as ações executadas, estão: serviços de movimento de terra, estrutura, paredes, esquadrias, coberta, impermeabilização, pisos, instalação sanitária e hidráulica, pintura, entre outros. Foram contemplados com a obra, 16 salas de aula, laboratórios, sala de professores, secretaria, diretoria, cozinha, bateria de banheiros, passarela interligando o Ginásio com vestiários à Escola, entre outros.

Centro de Referência da Renda Renascença

O Crença, está sendo instalado num prédio histórico na cidade de Monteiro, que está passando por restauração e, além de uma vitrine para a produção local do Artesanato em Renda Renascença, será um ponto de encontro das artesãs que poderão ali obter informações, orientações, cursos e fazer oficinas. É um equipamento gerenciado de forma compartilhada entre Rendeiras e Parceiros: Associações das Rendeiras do Cariri, Sebrae, Prefeitura de Monteiro e Governo da Paraíba, através de dois Programas: Procase e PAP.

O local vai atrair turistas e clientes que queiram comprar produtos extremamente tradicionais e de rara beleza, bem como conhecer o processo de elaboração das peças e a história de luta dessas mulheres que resistem e preservam a cultura regional. 

Apesar da sede ser em Monteiro, outros municípios do arranjo produtivo também serão contemplados: Camalaú, Zabelê, São Sebastião do Umbuzeiro e São João do Tigre. Cerca de três mil rendeiras devem ser beneficiadas com as ações do Centro de Referência da Renda Renascença.

Hospital Regional Santa Filomena

O governador João Azevêdo também visitou o Hospital Santa Filomena, que conta com 26 leitos para tratamento da Covid-19, sendo 20 leitos de enfermaria e 6 leitos de UTI dedicados ao agravo. A unidade de saúde passou a fazer parte dos hospitais de referência Covid-19 da 2ª macrorregião de saúde, que contava apenas com o suporte do município de Campina Grande. 

Secom PB

Postar um comentário

0 Comentários