API lamenta morte do professor e jornalista Rogério Almeida

  A Associação Paraibana de Imprensa da Paraíba, através de sua diretoria e em nome de todos os associados, lamenta a morte do professor e jornalista Rogério Almeida, ocorrida na noite deste sábado, 3, em decorrência de um problema renal.

Rogerio era professor de fisioterapia, jornalista e assessor de Comunicação da reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Na última sexta-feira, 2, foi hospitalizado para tratamento de um problema renal grave que acabou causando sua morte. O corpo de Rogério será cremado na manhã deste domingo, 4.

Rogério Almeida era natural de Pacajus, no Ceará, e vivia há muitos anos na Paraíba, onde também atuava na divulgação de eventos turísticos e gastronômicos. Foi vice-presidente da Associação Companheiros das Américas Comitê Paraíba e era professor de Fisioterapia do Centro de Ciências da Saúde.

Rogério graduou-se em Fisioterapia em 1976 pela Universidade Federal do Ceará e na Paraíba, formou-se em Comunicação

Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários