Suspeito de feminicídio, marido de psicóloga morta é preso no DF

  Leandro de Barros Soares, apontado como autor do feminicídio contra a psicóloga Melissa Mazzarello de Carvalho Santos Gomes, 41 anos, ocorrido na manhã desta quinta-feira (17/6), foi preso pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) no começo da noite. Ele estava na Quadra 307 da Asa Sul e não ofereceu resistência.

De acordo com o delegado-chefe da 13ª DP, Hudson Maldonado, os investigadores conseguiram fazer contato telefônico com Leandro. “Ele, convencido de que não haveria como fugir e decidido a se responsabilizar, concordou em não fazer mais nenhuma movimentação”, disse.

O autor foi autuado em flagrante pelo crime de feminicídio e optou pelo direito de permanecer calado. As autoridades policiais aguardam a chegada do advogado dele para dar continuidade aos trâmites.

O caso

Melissa foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira (17/6), em Sobradinho. O caso é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) como feminicídio, e o principal suspeito é o marido dela, Leandro de Barros Soares.

Segundo o delegado Hudson Maldonado, a motivação do crime seria ciúme. De acordo com as investigações, uma ocorrência de violência doméstica foi registrada em São Sebastião, no ano passado.

O corpo de Melissa foi encontrado caído ao lado da cama. A suspeita é de que a morte tenha sido causada por esganadura, durante a manhã. Os policiais não encontraram sinais de arrombamento na casa.

Melissa oferecia psicoterapia on-line e tinha um canal no YouTube, no qual falava sobre assuntos relacionados à maternidade. Ela deixa dois filhos.

Ela também era professora no Centro de Ensino Santa Rita de Cássia, em Sobradinho. A instituição suspendeu todas as atividades presenciais e remotas desta sexta-feira (18/6), informando em seu site que seus profissionais estavam muito abalados com “a partida precoce e trágica da professora”.

Centro de Ensino Santa Rita de Cássia manifestou suas condolências pela morte da professora Melissa Mazzarello
Centro de Ensino Santa Rita de Cássia manifestou suas condolências pela morte da professora Melissa Mazzarello

Com Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários