SUPERFATURAMENTO? Gestão Romero gastou R$ 250 mil em compra de álcool em gel com preço 85,38% acima da cotação média

 A Prefeitura de Campina Grande, sob a gestão do ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD), está sendo investigada por supostamente ter comprado álcool em gel 70% de maneira superfaturada.

De acordo com o promotor Alcides Leite de Amorim, da Promotoria de Justiça Regional da Comarca de Campina Grande, a gestão comprou em 2020 de maneira direta, sem licitação, 10 mil unidades de 500 ml do insumo com uma empresa que vendeu o produto por um preço 85,38% acima da cotação média – a R$ 24,99 cada item, o que representa um valor total de R$ R$ 249.900,00.

O relatório que apontou o indício de superfaturamento é do Centro de Apoio Operacional das Promotorias (CAOP) – Defesa do Patrimônio Público, da Fazenda Pública e do Terceiro Setor.

Na defesa, a gestão de Romero alegou que a empresa que forneceu o álcool em gel, a AERLISON CABRAL DE LIMA – ME, foi a única que apresentou proposta para realizar a venda do insumo.

Confira:

001.2020.010653-Despacho-2021-0000787517

Poder PB

Postar um comentário

0 Comentários