Moraes determina nova prisão do deputado Daniel Silveira

  Alexandre de Moraes determinou nova prisão Daniel Silveira (PSL-RJ). O deputado não pagou uma fiança de R$ 100 mil fixada pelo ministro na semana passada.

Segundo a CNN, ele já foi levado para o Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro para realizar exames antes de ir para a cadeia.

A nova prisão foi pedida pela Procuradoria-Geral da República, em razão de ao menos 36 violações ao monitoramento eletrônico imposto por Moraes, quando determinou, em março, sua prisão domiciliar.

O deputado deixava acabar a bateria da tornozeleira, que também teve a cinta rompida durante treinamentos físicos.

“Está largamente demonstrada, diante das repetidas violações ao monitoramento eletrônico imposto, a inadequação da medida cautelar em cessar o periculum libertatis do denunciado, o que indica a necessidade de restabelecimento da prisão, não sendo vislumbradas, por ora, outras medidas aptas a cumprir sua função como bem salientado pela Procuradoria Geral da República, que, quando instada a se manifestar acerca das violações ao monitoramento eletrônico, pugnou, em primeiro lugar, pelo ‘fim da substitutividade’ e retorno da prisão”, escreveu Moraes na decisão.

Leia aqui a íntegra da decisão de Moraes.

O Antagonista

Postar um comentário

0 Comentários