'LARANJAL' EM BAYEUX: Juiz solicita alegações finais e sentença sobre cassação de vereadora do Cidadania deve sair em poucos dias

 A ação judicial envolvendo o partido Cidadania em Bayeux que é investigado por supostamente ter cometido fraude na cota de gênero em candidatura feminina nas eleições de 2020 está chegando ao fim. O processo avançou e agora está nos últimos capítulos da novela.

Em novo despacho, nesta segunda-feira (7), o juiz eleitoral de Bayeux Nilson Bandeira do Nascimento intimou as partes e o Ministério Público Eleitoral para que apresentem em dois dias as suas alegações finais para que em seguida ele possa dar sua sentença.
 
A expectativa é que em poucos dias, provavelmente até a próxima semana, o juiz possa julgar procedente ou não a ação que se for confirmada provocará uma mudança na Câmara de Vereadores com a cassação do mandato da vereadora Dani Dantas (Cidadania). 
 
Confira o despacho.
 
Por ocasião da sentença, manifestar-me-ei acerca da validade ou não dos documentos inseridos pelos investigados.

De logo, intimem-se o investigante e os investigados, na pessoa de seus advogados, e, após as suas respectivas manifestações, o Ministério Público Eleitoral, na condição de custos legis, para apresentarem as alegações finais no prazo de 2 (dois) dias (art. 22, I, alínea X, da Lei Complementar n. 64/90).


Bayeux - PB, segunda-feira, 7 de junho de 2021.

Nilson Bandeira do Nascimento - Juiz Eleitoral
 

Bayeux em Foco

Postar um comentário

0 Comentários