Explosivos são apreendidos pela polícia no Brejo da Paraíba

 Explosivos que poderiam ser usados em roubos a instituições financeiras e ataques a carros-fortes foram apreendidos em decorrência de uma operação deflagrada pela Polícia Civil da Paraíba nesta segunda-feira (31). Denominada como operação Paiol do Brejo, a ação decorre de uma investigação da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco). O trabalho também contou com o apoio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Campina Grande, no Agreste da Paraíba.

A apreensão de ao menos 135 volumes de explosivos foi realizada na cidade de Esperança, no Brejo do estado. Três homens foram presos. De acordo com o delegado Diego Beltrão, da Draco, a Policia Civil obteve informações de que o local servia como ponto de venda de dinamites e outros artefatos.

A Polícia Civil investiga uma possível conexão dessas pessoas presas hoje com assaltantes de banco de Pernambuco, que viriam comprar artefatos explosivos nessa casa em Esperança.

“Após a prisão, nós ainda esperamos no local para tentar prender os compradores desses explosivos, mas provavelmente eles perceberam a ação policial e empreenderam fuga, não sendo possível identifica-los”, disse o delegado.

Além dos explosivos, nas caixas encontradas pelos policiais também havia cordel detonante e espoletas. Os policiais apreenderam ainda cinco tabletes de substância semelhante a maconha. O material foi encaminhado ao Instituto de Polícia Científica, para ser analisado em exames periciais.

Os homens presos foram ouvidos na Central de Polícia Civil de Campina Grande, onde permanecem detidos, à disposição da justiça.

Portal T5

Postar um comentário

0 Comentários