Cícero fala em conclusão da vacinação com 1ª dose até agosto durante reunião com ministro Marcelo Queiroga

  O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, recebeu na tarde desta sexta-feira (25), em seu gabinete, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Os gestores conversaram sobre demandas da saúde da Capital e sobre a vacinação contra a Covid-19 antes de realizarem visitas a um posto de imunização e a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Após a conversa, o prefeito falou sobre a expectativa de vacinar toda a população da Capital acima de 18 anos com a primeira dose até o mês de agosto.

“O ministro anunciou o fornecimento de 60 milhões de doses para o país já em julho. Se o percentual de repasse for mantido, devemos receber 300 mil doses para João Pessoa. Com a estrutura que temos, faremos a aplicação com a maior agilidade possível. Se tudo der certo, a minha expectativa é que vacinemos todos com a primeira dose bem antes de dezembro, até mesmo no mês de agosto, que é o aniversário da cidade”, declarou o prefeito Cícero Lucena.

Outra pauta da reunião foi a apresentação de demandas da cidade de João Pessoa para apreciação do ministro. Entre as solicitações levadas pelo prefeito esteve o pedido de recursos para a implantação do projeto de entrega de medicamentos em casa, para a realização de cirurgias eletivas e para a construção de duas UPAs e de 12 novas Unidades Básicas de Saúde.

Marcelo Queiroga afirmou que o Ministério da Saúde vai trabalhar em parceria com o município para trazer políticas públicas capazes de melhorar as condições de saúde da população. “Todas as demandas trazidas pelo prefeito são muito importantes e vamos procurar atender. Isso será muito importante para fortalecer o Sistema Único de Saúde na Capital e no Estado como um todo”, afirmou.

Corujão de vacinação

Após o encontro no gabinete do prefeito, os gestores visitaram o drive thru de vacinação que funciona no estacionamento do Mangabeira Shopping. Desde as 9h da manhã, a Prefeitura de João Pessoa realiza em 25 postos de atendimento um corujão de imunização, alguns deles funcionando 24 horas. Está sendo realizada a aplicação da primeira dose para o público geral acima de 45 anos e a segunda dose para quem já atingiu o prazo de aplicação. Na ocasião, o ministro, que é médico, chegou a realizar a aplicação de algumas doses da vacina.

Josineide Vital, de 52 anos, foi uma das pessoas que receberam o imunizante das mãos do ministro. “Precisamos muito dessa proteção. As autoridades foram incumbidas dessa missão e eu sou grata. Me sinto uma privilegiada. A todos que ainda não tomaram a vacina eu digo: não tenham medo”, afirmou.

Ao deixarem o local, o prefeito e o ministro estiveram na UPA dos Bancários, onde puderam constatar a disponibilidade de leitos, com apenas uma internação de paciente com Covid-19, o que foi comemorado. “Isso demonstra que o Sistema de Saúde de João Pessoa está funcionando. Estão fazendo a aplicação rápida das vacinas e o resultado é este: a UPA desacelera. Isto demonstra que as vacinas são realmente a esperança para por fim à pandemia”, avaliou Queiroga.

O prefeito destacou que aquele era motivo para comemoração, mas que esperava continuar contando com a colaboração da população no que se refere à higienização das mãos, o uso de máscara e distanciamento social. “Desta forma poderemos ter prazo para realizar esta vacinação”, afirmou.

Secom JP

Postar um comentário

0 Comentários