Vítima de sequestro relâmpago é ex-PF, trabalha com joias e tinha dólares no carro

  A mulher de 49 anos, que foi vítima de um sequestro relâmpago na tarde dessa terça-feira (18), na Avenida Edson Ramalho, bairro de Manaíra, em João Pessoa, é ex-policial federal, vendedora de joias e estava com uma grande quantidade de moeda estrangeira no veículo.

A vítima foi baleada durante a ação da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (Ceatur), que culminou com a morte do suspeito, de 32 anos, ainda não identificado. A mulher foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde passou por procedimentos médicos de emergência e segue em observação da cirurgia geral. O quadro clínico é regular, de acordo com o boletim da unidade de saúde.

A polícia divulgou o que foi encontrado no carro que era ocupado pela ex-policial, várias joias e dólares. O homem manteve a vítima sob a mira de um revólver, mas foi cercado por viaturas na Avenida Ruy Carneiro. Após várias tentativas de negociação para que ele se rendesse, a vítima conseguiu se livrar, mas foi atingida na troca de tiros entre o suspeito e os policiais.

Assessoria PMPB

Postar um comentário

0 Comentários