Tiane de Berg se posiciona contra projeto do ‘Dia do Corno’ e sai em defesa das mulheres de Santa Rita

  A vereadora Tiane de Berg, da cidade de Santa Rita, se pronunciou acerca do Projeto de Lei n° 067/2021, de autoria do vereador Nininho do Bode, que tem como objetivo instituir o Dia do Corno na cidade.

Ela saiu em defesa da mulher, posta à margem do debate diante de toda repercussão do caso, que tomou as redes sociais e a imprensa local e nacional.

A parlamentar vê no ato mais um meio de normalizar a violência contra a mulher, que já enfrenta uma pauta dificílima e muito importante ante os desafios impostos pelo aumento da violência doméstica em meio ao confinamento provocado pelos efeitos da pandemia do Coronavírus, além do combate as diversas formas de violência contra a mulher, principalmente, o femicídio.

“A mulher, mais uma vez, exposta. Vejo na inciativa do colega algo que tenho certeza que ele não percebeu: a mulher à margem de um debate raso, que não nos traz qualquer melhoria para a qualidade de vida da nossa população, além de afrontar diretamente as lutas e bandeiras que compõem a pauta da mulher em uma sociedade machista e misógina. Precisamos deixar de enxergar como naturais os discursos que, mesmo de forma incutida, discriminam a mulher em sua condição e buscam normalizar meios de violenta-lá. Afinal, quantas mulheres já não morreram sob o argumento de trair o companheiro? Deveríamos ter cuidado com esse tipo de pauta em um parlamento”, destacou.

Na tarde de ontem (28), o vereador Alysson Gomes, relator da CCJ da Câmara de Santa Rita, opinou pela rejeição da matéria.

News Paraíba

Postar um comentário

0 Comentários