João Azevêdo diz que só tem uma definição sobre as eleições de 2022: “Não darei apoio ao atual presidente”

  O governador João Azevêdo (Cidadania) evitou antecipar o processo eleitoral de 2022 em relação à composição da chapa majoritária. De acordo com João, no momento adequado o assunto será discutido com os integrantes do seu agrupamento político. Entretanto, disse ser legítimo os partidos, a exemplo do PP e do DEM, pavimentarem a construção de uma participação na chapa.

Questionado se votará em Lula para presidente, Azevêdo afirmou que não tem problemas em votar no ex-presidente, mas deixou claro que seguirá o candidato que o Cidadania indicar. Se o partido não tiver candidato, ele disse que vai avaliar os nomes para tomar a decisão. Porém, o governador disse que tem apenas uma decisão tomada a respeito do leito de 2022. 

“Eu não tenho a menor dificuldade para votar no ex-presidente Lula. De forma nenhuma, até porque em 2018 eu votei em Haddad, então não tenho dificuldade para isso. A única certeza que tenho sobre as eleições de 2022, é que não estarei na extrema direita. Não darei apoio ao atual presidente”, declarou João em entrevista à Rádio Arapuan FM.

Portal Paraíba

Postar um comentário

0 Comentários