Investigada pela justiça, prefeita de Conde constrange servidores ao exigir assinatura de declaração “anti-nepotismo”

 Após o início de investigação pela Promotora de Justiça de Conde, Cassiana Sá, relativa à suposta  prática de nepotismo e contratação de servidores fantasmas realizadas na Prefeitura de Conde, a prefeita Karla Pimentel vem coagindo os servidores públicos a assinarem uma declaração, de próprio punho, declarando que não tem parente trabalhando na Prefeitura.


De acordo com uma fonte do Blog do Anderson Soares, a prefeita vem argumentando que está fazendo um “censo” com os servidores do município.

Ainda conforme relatado de alguns servidores municipais, a orientação do gabinete da prefeita é que aquele que se negar a assinar o documento, será exonerado ou terá o contrato extinto, ficando fora da prefeitura.

Em anexo, segue o documento que a prefeita vem distribuindo aos servidores.

Postar um comentário

0 Comentários