Integração metropolitana entre ônibus da Grande João Pessoa é suspensa

  Uso da integração temporal no transporte coletivo de JP aumenta durante  pandemia - Jornal da ParaíbaA partir da quarta-feira (19), passageiros de ônibus das cidades de Bayeux, Cabedelo, Conde, Jacumã e Santa Rita perderão o direito de realizar as integrações metropolitanas que dão acesso a João Pessoa. A integração permitia que o passageiro pagasse apenas uma passagem entre a capital paraibana e um desses municípios. A decisão foi do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros no Município de João Pessoa (Sintur-JP).

O Sintur-JP alegou “dificuldades econômico-financeiras para manter o equilíbrio do sistema de transporte público em João Pessoa e na região metropolitana”.

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) informou que por se tratar de transporte intermunicipal, envolvendo cidades da Região Metropolitana, a competência  para regulamentação de tal tarifa é do  Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

A Semob esclareceu que o sistema de integração temporal urbana de João Pessoa permanecerá inalterado, sem que ocorra ônus aos passageiros da capital paraibana, permanecendo a gratuidade no segundo embarque.

Portal T5

Postar um comentário

0 Comentários