Flamengo sofre no segundo tempo, mas bate a LDU em Quito e conquista terceira vitória na Libertadores

  Gabigol faz história contra a LDUFoi com sufoco no segundo tempo e emoção até o fim. Mas o Flamengo venceu a LDU por 3 a 2, em Quito, na noite desta terça-feira, no terceiro jogo da fase de grupos da Libertadores. Após um grande primeiro tempo, em que conseguiu abrir o placar com Gabigol e Bruno Henrique, o Rubro-Negro sofreu uma grande queda de rendimento na segunda etapa e viu o time equatoriano empatar com Borja e Amarilla. Porém, quando tudo indicava que a Liga caminhava para a virada, Arrascaeta foi derrubado na área e a arbitragem marcou pênalti. Gabigol cobrou e garantiu a vitória na altitude.

O Flamengo dominou a primeira etapa desde os primeiros segundos. E precisou de pouco tempo para marcar. Aos dois minutos, Everton Ribeiro avançou pelo meio, limpou a marcação e tocou para Gabigol, que invadiu a área, deslocou o goleiro e abriu o placar. O gol deu tranquilidade ao Rubro-Negro, que seguiu dominando o confronto. Dez minutos depois, Zunino até marcou na única chance da LDU nos 45 minutos iniciais. Mas estava muito à frente da marcação e a arbitragem anulou o gol corretamente. Aos 29, após grande troca de passes, Gabigol encontrou Bruno Henrique fora da área. O atacante encobriu o goleiro e marcou um golaço para consolidar o grande primeiro tempo da equipe do técnico Rogério Ceni.

Sem Diego Alves, que foi substituído por um desconforto, o Flamengo voltou irreconhecível para a segunda etapa após um grande primeiro tempo. Com mudanças no time, a LDU retornou atacando com tudo, e o gol não demorou a sair. Aos cinco, Borja aproveitou cruzamento na área e diminuiu. Minutos depois, foi a vez de Amarilla marcar e empatar. A LDU seguiu no ataque e pressionando o Flamengo. Mas quando parecia que o jogo teria uma virada, Arrascaeta foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Gabigol deslocou o goleiro e marcou o terceiro do Flamengo. Após o gol, a LDU seguiu insistindo, mas a vitória do Fla estava decretada.

Na outra partida da chave, o Vélez Sarsfield venceu o Unión La Calera por 2 a 0, no Estádio Municipal Nicolás Chahuán Nazar, na cidade de La Calera. O primeiro gol da partida foi marcado por Agustin Bouzat. O segundo foi de Luca Orellano, já nos acréscimos do jogo. Saiba mais da partida clicando aqui.

Com a vitória, o Flamengo chega aos nove pontos e se mantém na liderança do Grupo G, com 100% de aproveitamento. Com 4 pontos, a LDU aparece em segundo. Em terceiro está o Vélez, que venceu na rodada, seguido pelo lanterna Unión La Calera. Confira a tabela de classificação clicando aqui.Bruno Henrique comemora gol com Gabigol

O próximo compromisso do Flamengo é no sábado, às 21h05, contra o Volta Redonda, no jogo de volta da semifinal do Carioca. A equipe volta a campo pela Libertadores na próxima terça-feira, às 21h30, quando enfrenta o Unión La Calera no Estádio Municipal Nicolás Chahuán Nazar, na cidade de La Calera, pela quarta rodada da fase de grupos. Na quinta, o Vélez recebe a LDU em Buenos Aires, às 19h, no jogo que fecha a rodada.

Com os dois gols feitos na partida, Gabigol chegou a 16 na Libertadores e igualou Zico como o maior artilheiro do clube na história da competição. O atacante ainda foi eleito o melhor jogador do confronto na saída do gramado.

 Globo Esporte

Postar um comentário

0 Comentários