80,2%: Paraibanos aprovam a Gestão do Governador João Azevêdo

 O governo de João Azevêdo (Cidadania) é aprovado por 80,2% dos paraibanos. É o que revela a pesquisa Data Qualyt/Fonte83 divulgada nesta segunda-feira (10). A aprovação do governador cresceu desde fevereiro quando o instituto e o site divulgaram a primeira pesquisa do estado neste ano de 2021, quando ele apresentou 63%.

Para 22,4% dos paraibanos a gestão de João é ótima e, para 24,2%, é boa. Consideram o governo ruim, 9%, outros 10,7% consideram a administração péssima.

Responderam achar a gestão regular, 33,6%. Pela regra da pesquisa, quando a soma de ótima e boa é maior que ruim e péssima, o resultado de regular soma-se a ótima e boa.  Sendo assim, o resultado da provação é de 80,2%.

Sobre a pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 7, 8 e 9 de maio de 2021. Foram entrevistados 800 eleitores com base em uma amostragem aleatória simples com um nível estimado de 95% de confiança e uma margem de erro estimada de 3,5 pontos percentuais sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Foram selecionados de maneira aleatória 65 cidades proporcionalmente ao tamanho, visando abranger toda a cobertura geográfica do Estado da Paraíba distribuídos em 4 regiões.

Agreste: Alagoa Grande, Alagoa Nova, Araçagi, Arara, Araruna, Areia, Aroeiras, Bananeiras, Barra de Santa Rosa, Belém, Cacimba de Dentro, Campina Grande, Cuité, Esperança, Guarabira, Gurinhém, Ingá, Itabaiana, Lagoa Seca, Massaranduba, Pocinhos, Queimadas, Solânea, Soledade e Remígio;

Borborema: Boqueirão, Juazeirinho, Monteiro, Picuí, Santa Luzia, Serra Branca, Sumé e Taperoá;

Mata Paraibana: Alhandra, Bayeux, Caaporã, Cabedelo, Itapororoca, João Pessoa, Mari, Pedras de Fogo, Rio Tinto, Santa Rita, Sapé, Conde, Mamanguape, Cruz do Espirito Santo, Jacaraú e Pitimbu;

Sertão Paraibano: Cajazeiras, Catolé do Rocha, Conceição, Coremas, Itaporanga, Patos, Piancó, Pombal, Princesa Isabel, São Bento, São João do Rio do Peixe, São José de Piranhas, Sousa, Tavares, Teixeira e Uiraúna.

Fonte83

Postar um comentário

0 Comentários