Lei de Felipe Leitão que garante prioridade em filas para doadores de sangue e de medula óssea é aprovada na ALPB

 Em nota de pesar, Felipe Leitão lamenta morte do Senador José CarlosA Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, nesta terça-feira (6), o projeto de Lei que legaliza o atendimento preferencial de doadores de sangue regulares e doadores de medula óssea em estabelecimentos comerciais, a exemplo de supermercados, bancos, eventos culturais e lotéricas de todo o estado. O projeto segue para sanção do governador, João Azevêdo (Cidadania), e a partir da publicação no Diário Oficial do Estado, torna-se lei.

De acordo com informações, o projeto de Lei 1589/2020, do deputado Felipe Leitão, é uma forma de estimular as doações. Para ter direito ao benefício, os doadores de sangue deverão comprovar a realização de quatro doações no período de 12 meses. Já os doadores de medula óssea deverão apresentar carteira de doador emitida pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA) ou de qualquer outra entidade saúde credenciada junto ao Ministério da Saúde.

Dados do Ministério da Saúde relatam que a taxa de doação de sangue voluntária da população brasileira é de 1,6%. Na Paraíba, as doações de sangue no Hemocentro tiveram queda de 13,6% por conta da pandemia em 2020, uma redução de 11.514 doações, quando comparado com 2019. Confira o telefone de atendimento ao público para cada hemocentro nas cidades da Paraíba aqui.

Em João Pessoa, as pessoas que desejam doar sangue ou medula óssea devem ligar para o número: (83) 3133-3463, e agendar a doação que acontece por ordem de chegada.

Postar um comentário

0 Comentários