Coronel da Polícia Militar citado na Operação Calvário é exonerado da chefia da Casa Militar do Governador

  O coronel da Polícia Militar, Anderson Henriques Benevides Pessoa, foi exonerado da chefia da Casa Militar do Governador. A exoneração do coronel foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (07).

O Tenente Coronel Marcelo Tadeu Rodrigues Lima foi nomeado para assumir o cargo.

A exoneração do coronel acontece após o mesmo ser citado em trechos de delação da Operação Calvário, que aponta a sua participação no recebimento de propina, durante o governo de Ricardo Coutinho.

O coronel foi nomeado como Subcomandante de Policiamento Regional da Polícia Militar.

Postar um comentário

0 Comentários