Vereador defende congelamento de salários dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário

 O vereador Tarcísio Jardim (Patriota) defendeu o congelamento de salários de servidores dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário durante pronunciamento na sessão desta quinta-feira (11) da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). O parlamentar reagiu a trecho da PEC emergencial que pretende congelar salários de servidores públicos, inclusive da Polícia Militar.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19 foi votada em primeiro turno nesta quarta-feira (10) e há um acordo entre o Governo Federal e partidos da base aliada para que, no segundo turno da votação, seja retirada a proibição de promoção funcional ou progressão de carreira, item criticado pelos profissionais de segurança pública.

Para Tarcísio Jardim, o acordo realizado foi resultado principalmente do clamor dos profissionais de segurança pública. Ele argumentou que outras categorias com remuneração maior poderiam ser os alvos da medida. “Por que não congelam os salários dos deputados, por exemplo? Só os daqueles que já têm remuneração tão sofrida, que estão com a corda no pescoço? Se for cortar na carne, que seja na carne daqueles que têm mais gordura, como a classe dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário”, afirmou o vereador criticando também a paralisação de concursos públicos.

O vereador Marcos Henriques (PT) concordou com o posicionamento de Tarcísio Jardim. “Do jeito que está, a PEC vai prejudicar os trabalhadores. Ela dá com uma mão e tira com a outra de áreas da saúde e educação”, ressaltou o parlamentar citando parte do documento que pretende garantir o auxílio emergencial em 2021, mas modifica os pisos constitucionais da Saúde e da Educação.

SoPB

Postar um comentário

0 Comentários