Policia prende em Campina Grande mulher que matou companheira com 95 facadas em João Pessoa

 


Foi presa na manhã de hoje (22) Marilene da Silva Ramos, 45 anos, que matou a companheira Gillimara Santos, conhecida como Mara, 36 anos, dentro do apartamento onde moravam de João Pessoa com quase 100 facadas. A prisão ocorreu dentro de uma pousada na cidade de Campina Grande, Agreste da Paraíba. Marilene ainda dopou mãe e sobrinho da vítima.

De acordo com a polícia, as duas mulheres que são do Rio Grande do Norte, moravam juntas há algum tempo na Paraíba, a mãe da vítima teria vindo com o filho dela, da cidade de Caicó, passar um tempo na casa das duas.

O crime ocorreu na manhã do sábado (20) dentro de um apartamento no bairro do Gramame, na capital. A mulher será levada para a Delegacia de Homicídios de João Pessoa onde vai ser autuada pelo crime. 

Marilene é foragida da Justiça do Rio Grande do Norte, onde foi condenada pelo crime de homicídio. Contra a acusada, existe um mandado de prisão em aberto desde 2014 por um homicídio na comarca de Santo Antônio.

A mãe da vítima e o sobrinho já voltaram para casa no Rio Grande do Norte.

Diário da Paraíba



Postar um comentário

0 Comentários