IRRESPONSABILIDADE: Prefeita de Conde “aproveita” pandemia para fazer viagem à Fernando de Noronha

 No pior momento da pandemia na Paraíba, em que os gestores precisam discutir soluções para conter o avanço da covid-19 e tentar reduzir a superlotação nos hospitais, além de encontrar soluções para a crise econômica, a prefeita de Conde, Karla Pimentel, abriu uma brecha na sua agenda para fazer turismo.

Ela viajou com o marido, o advogado Hermann Régis, para a paradisíaca ilha de Fernando de Noronha, na última quarta-feira (17) e só retorna amanhã (20). Isso se ela se submeter a um exame de covid-19, uma das exigências para deixar o território pernambucano. A testagem seria na hora do embarque para a Paraíba, num posto de saúde instalado no aeroporto local.

Atualmente a cidade vive sob um decreto municipal com medidas de isolamento, como o ‘toque de recolher’ estabelecido desde o último dia 13 de março, e fechamento de algumas atividades no fim de semana. O ato, inclusive, foi parar na Justiça pela liberação das celebrações religiosas de forma semipresencial e do comércio na praia de Jacumã, mesmo estando proibido pelo estado.

Nas redes sociais da prefeita não há registro algum da viagem. No período da estadia ela tem replicado ações da prefeitura, inclusive algumas positivas como a aprovação de um auxílio emergencial aprovado pela Câmara Municipal para ajudar a população da cidade afetada pela pandemia.
A assessoria da prefeita, no entanto, confirma a viagem e disse que a partir da segunda-feira ela estará retornando às suas atividades normalmente.

Ao voltar Karla Pimentel deve se deparar com a nova classificação das bandeiras pelo Plano Novo Normal, que deve vir ainda mais rígido diante dos números da pandemia divulgados na última quinzena.

Jornal da Paraíba

Postar um comentário

0 Comentários