ESCÂNDALO! VEREADOR DE CONDE É ACUSADO DE USAR NOME DE CUNHADA EM ESQUEMA PARA COMPRA E VENDA DE TERRENOS

 O vereador Leo Carneiro (PROS), do município de Conde, está envolvido em um escândalo de estelionato. A cunhada do político, Sandra Lopes, é a responsável pela denuncia. De acordo com ela, ele a usava como “laranja” num esquema de compra e venda de terrenos.

A denuncia foi feita no dia 10 de março, quando Sandra foi chamada à delegacia da cidade para prestar esclarecimento sobre transações de compra e venda de terrenos envolvendo seu nome. Ela afirmou que nunca possuiu as referidas propriedades e  revelou ter assinado, sem ler, documentos repassados pelo vereador, há cerca de 10 anos, sem saber qual seria a finalidade dos papéis.  “Fui usada como laranja” disse. A cunhada do vereador diz que só ficou sabendo da fraude no momento em que foi chamada pelo delegado para esclarecimentos.

Conforme apurado, dois médicos de João Pessoa realizaram a compra de terrenos, em Jacumã, de propriedade de uma pessoa morta dois anos antes da suposta venda. Leo teria então utilizado o nome da cunhada, como se ela fosse a dona dos lotes, para validação da transação.

O vereador teria autenticado os documentos no cartório de sua esposa e irmã da denunciante, Marilene de Lopes Carneiro, também tabeliã do Cartório Lopes Carneiro, em Jacumã. Com quase 22 anos de história, o cartório pode ter sua reputação manchada por corroborar com esse “laranjal”.

Nem o vereador e nem sua assessoria falaram sobre as acusações.

Polêmica Paraíba

Postar um comentário

0 Comentários