Covid-19: China torna obrigatório teste anal para todos os estrangeiros que chegam ao país

  

A China tornou o teste anal obrigatório para detectar Covid-19 em todos os viajantes estrangeiros que cheguem ao país, informou um relatório oficial na quarta-feira (3). De acordo com o governo, esses tipos de exames fornecem um grau mais alto de precisão do que outros métodos de triagem para o coronavírus. As informações são do "Times UK".

No teste anal, o cotonete precisa ser inserido cerca de três a cinco centímetros no reto e girado várias vezes, visando coletar a amostra. Após completar o movimento duas vezes, o item é removido e colocado em um recipiente de amostra. O procedimento leva cerca de 10 segundos.

Como parte da alta na fiscalização e conforme as novas exigências de viagens, haverá centros de teste nos aeroportos de Pequim e Xangai. Segundo o médico de doenças respiratórias Li Tongzeng à mídia estatal, os testes anais são melhores porque os traços de vírus permanecem mais tempo nas amostras fecais do que no nariz ou na garganta.

Japão protesta contra medida

Os exames anais ocorrem normalmente mesmo após o Japão pedir à China que pare de fazer os testes em seus cidadãos, alegando que os cotonetes causam "angústia mental". Diplomatas estadunidenses também reclamaram ter sido obrigados a fazer o teste e o chamaram de "invasivo".

"Alguns japoneses relataram à nossa embaixada na China que passaram por testes anais, o que causou uma grande dor psicológica", disse Katsunobu Kato, secretário-chefe do gabinete do Japão, em entrevista coletiva.

Rede TV

Postar um comentário

0 Comentários