Com a ausência da prefeita que está curtindo a vida, vereadores de Conde trabalham e aprovam projeto emergencial para famílias carentes

 A Câmara Municipal de Conde aprovou por unanimidade, em sessão extraordinária, nesta sexta-feira, 19/03/2021, o projeto de Lei do executivo, de nº 004/2021 institui o programa de renda emergencial temporária, que busca reduzir os efeitos sociais e econômicos, causados pelos avanços da pandemia, no âmbito de Conde.

O auxílio financeiro vai beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade, onde 150 famílias serão assistidas e, o valor, é de R$ 150,00, destinado aos ambulantes do comércio informal e de baixa renda, afetados economicamente pela pandemia do Coronavírus. O auxílio será distribuído pelo prazo de dois meses. O impacto para os cofres públicos de Conde é pouco, chegando a R$ 22.500,00 com o projeto.  

Outros projetos do executivo também foram aprovados em meios a críticas em redes sociais e, no próprio plenário.

O vereador Gonzaga criticou o prazo no qual o projeto foi enviado, considerando de curto tempo para análises.

A vereadora Munique Marinho disse que daria um voto de credibilidade ao projeto do consórcio intermunicipal da região metropolitana de João Pessoa.

O vereador Léo carneiro também criticou o tempo em que os projetos foram enviados pelo executivo.

A gestora ausente.

A prefeita Karla Pimentel, que vem sofrendo duras críticas na mídia e em redes sociais por estar ausente do município de Conde em menos de três meses de gestão, não compareceu à sessão na qual ela mesma tem interesse, nem tampouco, o seu vice-prefeito Dedé Sales, não compareceu ao plenário para apresentar os projetos. Quem foi ao plenário para dar esclarecimentos dos projetos foi o advogado Dr. Marcos Ramalho, procurador do município de Conde.

É que a prefeita e o chefe de gabinete, seu esposo, estão curtindo a vida em Fernando de Noronha. Mesmo com o trágico momento em que nós passamos no mundo e em Conde, como ela mesma descreve no projeto de auxílio, o vírus tá assolando tudo e, mesmo ela tendo ciência dos fatos, busca lazer em meio a esta crise mundial, deixando seu município de suas responsabilidades aos cuidados de terceiros.  A prefeita viaja e bota a câmara municipal para trabalhar.

A mídia estadual e os grupos sociais de Conde não se repercutem outro assunto.

Conde News

Postar um comentário

0 Comentários