Análise: ações positivas realizadas por Luciene Gomes em Bayeux estão passando despercebidas, diante das recorrentes denúncias e do mal relacionamento da gestora com a imprensa

 Análise: ações positivas realizadas por Luciene Gomes em Bayeux estão passando despercebidas, diante das recorrentes denúncias e do mal relacionamento da gestora com a imprensaNão é de hoje que a cidade de Bayeux é destaque na mídia por problemas envolvendo a gestão, foi assim com os três últimos gestores. Mas uma atitude inédita, é a falta de reação por parte da atual gestão, tornando-se passiva aos recentes relatos.

Berg Lima, que foi preso em flagrante ao receber propina de um empresário da cidade, reagiu às acusações.

Até a ex-prefeita Sara Cabral, que foi condenada a ressarcir o erário referente ao pagamento irregular do Bolsa Família, reagiu, e afirma que não cometeu o ilícito.

Mas com a prefeita Luciene Gomes é diferente, ela parece não querer encontrar a saída, que passa pelo diálogo com os veículos de comunicação, usando de transparência dos atos do Executivo e divulgando amplamente as ações positivas realizadas por sua gestão.

Na última semana, um nova denúncia envolvendo um suposto superfaturamento na compra de testes para Covid-19 no município, teve uma enorme repercussão na cidade, mas mesmo assim não foi divulgada nenhuma nota de esclarecimento por parte da prefeitura.

Até a própria coordenação de Comunicação do município, responsável pela comunicação institucional, não vem se pronunciado sobre os últimos acontecidos na cidade. Alguns secretários da gestão possuem um bom relacionamento com os veículos de comunicação da Capital, mas eles também não se mostram muito preocupados com a atual falta de respostas sobre as denúncias que surgem no município.

Com todos esses episódios negativos envolvendo seu nome, as ações positivas realizadas pela gestão, estão passando despercebidas por grande parte da população bayeuxense. E se as coisas não mudarem, a gestão de Luciene ficará marcada apenas por denúncias e pontos negativos.

Postar um comentário

0 Comentários