Adriano Galdino faz apelo para que Exército Brasileiro não encerre operação Carro-Pipa na Paraíba

  

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa vai encaminhar apelo, subscrito por todos os deputados estaduais paraibanos, ao comandante do Exército Brasileiro, general Edson Leal Pujol, solicitando a continuidade da Operação Carros-Pipa, cuja suspensão foi anunciada no início desta semana pelo Ministério da Economia. O anúncio foi feito pelo presidente Adriano Galdino durante o Pequeno Expediente da sessão remota desta terça-feira (16).

Na oportunidade, o deputado lamentou a decisão, afirmando que apesar da incidência de chuvas em algumas localidades, isto não abrange o estado como um todo. “Isso, ao meu, é um absurdo, porque realmente choveu em algumas localidades, em alguns municípios. Mas não choveu ainda em todo o estado. Em muitos municípios as chuvas ainda não caíram. Daí a importância da continuidade dessa operação e espero que o Exército Brasileiro se sensibilize com o nosso apelo”, declarou.

O Ministério da Economia alega falta de orçamento para o Programa Emergencial de Distribuição de Água, conhecido como “Operação Carro-Pipa”, que já começou a ser paralisado em algumas partes do país e já mobiliza parlamentares, principalmente da região Nordeste, no sentido de reverter essa decisão.

A Operação é comandada pelo Ministério da Defesa, em conjunto com o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), mas a liberação de recursos fica a cargo do Ministério da Economia. Ela é executada em toda a região rural do Semiárido, abrangendo os estados do Nordeste e parte de Minas Gerais e Espírito Santo.

A Operação Carro-Pipa foi implementada há mais de 20 anos com o objetivo promover o abastecimento de água potável para o consumo humano na região do Nordeste e no Norte de Minas Gerais. A justificativa para o encerramento desta iniciativa seria por conta de que a ação é recorrente e por isso não teria caráter emergencial.

Agencia-ALPB

Postar um comentário

0 Comentários